Pós-Graduação
Pós Graduação em Acupuntura

A formação e capacitação de profissionais para atuação nas áreas das medicinas tradicionais chinesas - MTC (acupuntura, massagens, fitoterapia, práticas corporais como Qi Gong) são de fundamental importância para a saúde da população haja visto que se trata de procedimentos relativamentesimples e de grande aceitação mundial.
A comunidade científica mundial vem aos poucos se certificando da eficácia da acupuntura e de muitos outros recursos terapêuticos das chamadas terapiasnaturais. A acupuntura se destaca pela sua grande capacidade clínica, sua atuação na modulação da dor, sua utilização na prevenção e por ser atualmente compreendida sob a luz da neurofisiologia moderna.
Cresce em todo o mundo o interesse por terapias naturais, apoiadas em conhecimentos milenares e terapêuticas ancestrais que sobreviveram por sua eficácia, mesmo não sendo codificadas dentro dos parâmetros cartesianos da ciência.
Visando uma globalização e uma interação maior dos conhecimentosdessas terapias, os profissionais da área de saúde ocidental com sua bagagem acadêmica farão associações de sua formação com os conhecimentos damedicina tradicional chinesa,especificamente a ACUPUNTURA.
Objetivando unir os conhecimentos científicos, já reconhecidos academicamente, com osconsagrados por sua eficácia milenar que aos poucos são desvendados dentro de parâmetros científicos contemporâneos. Atenderá com isso a premissa do bem-estar do paciente e o seu equilíbrio psico-bio-energético.
A formação e capacitação de profissionais para atuação nas áreas das práticas integrativas e complementares é de fundamental importância para a saúde da população. Esta afirmativa dá-se pelo fato do governo federal através do ministério da saúde que pela portaria 971-2006 - Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) - normatiza e autoriza as práticas integrativas e complementares.
A portaria contempla a implantação dessas práticas, inclusive a acupuntura, no SUS – Sistema Único de Saúde – que apresenta demanda alta de serviços de saúde para a população brasileira e, portanto, a capacitação e especialização dos profissionais de nível superior para atender esta demanda são urgentes.
Além do próprio SUS os serviços privados também são necessários, pois existe uma demanda alta por serviços extra SUS, haja vista as recentes intervenções do governo como no programa “mais médicos” do Ministério da Saúde.
Considerando-se que a pós graduação é uma especialização dos profissionais bacharéis e licenciados e a própria acupuntura é reconhecido como patrimônio intangível da humanidade (A “United NationsEducational, Scientificand Cultural Organization“ – Unesco - aprovou, no dia 19 de novembro de 2010, a inclusão da Acupuntura como Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade, nos termos da Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, instituída em 17 de outubro de 2003) o curso de especialização lato sensu da FASF – Faculdade Sul Fluminense contempla todos os profissionais portadores de diploma de nível superior, caracterizando-se assim como multiprofissional.
Diante do exposto propõe-se a criação para a realização do Curso de Especialização profissional e acadêmica em Acupuntura, nível Lato Sensu.

Objetivo do curso

Oferecer ao público detentor de diploma de nível superior (área da saúde) a oportunidade de continuar com seu processo de aquisição de conhecimento e habilidades / capacitação profissional além do próprio crescimento profissional através de estudos em Medicina Tradicional Chinesa que está inclusa no escopo das práticas integrativas e complementares.

Mercado Profissional

Publico Alvo

Devido as características impares da acupuntura, o curso é indicado para os que já são da área da saúde:
Médicos, Fisioterapeutas, Terapeutas Ocupacionais, Educadores Físicos, Nutricionistas, Psicólogos, Biomédicos, Biólogos, Farmacêuticos, Esteticistas, Quiropraxistas, Naturopatas, dentre outros.